Afinal, a catarata tem cura? Tire suas dúvidas aqui!

Antes de esclarecer se a catarata tem cura e outras dúvidas frequentes sobre a doença, é preciso entender qual o processo envolvido nela. Existe uma estrutura chamada cristalino, que atua como uma lente natural do corpo.

Isso significa que ele direciona os raios luminosos para uma região específica da retina, onde iniciará o processamento visual de formação da imagem. Para isso, o cristalino deve estar íntegro e, principalmente, com a transparência mantida.

Contudo, se há opacificação total ou parcial, estamos diante da condição conhecida como catarata. Sendo assim, o principal sintoma é a visão embaçada, mas se não tratada, pode evoluir para cegueira. Agora, vamos ao que interessa!

A catarata tem cura?

Sim, a catarata tem cura. Ela é alcançada por meio de uma cirurgia que substitui o cristalino opacificado por uma lente intraocular artificial. É um procedimento bem tranquilo, simples, rápido e indolor.

Existe a possibilidade de a doença voltar?

Como dissemos, uma vez feita a cirurgia, naquele olho não há a possibilidade de a doença voltar. Claro, nenhum procedimento é totalmente isento de complicações e, por ventura, pode ser que alguma delas prejudique a visão. Contudo, são casos muito raros, na maioria das vezes a cirurgia é satisfatória e não apresenta nenhum tipo de complicação.

Como é feito o tratamento?

No geral, o tratamento é feito pela cirurgia de substituição do cristalino, ou seja, o implante de lente intraocular. Antigamente, nem todos os casos eram tratados dessa forma, sobretudo aqueles que ainda estavam no início do quadro. Assim, primeiro era feita uma tentativa de correção visual por meio de lentes, óculos ou colírios.

Contudo, vale ressaltar que quando a doença não é tratada, pode evoluir para complicações permanentes. Então, considerando a praticidade da cirurgia, ao avaliar o risco benefício de cada tratamento, é melhor já optar pelo procedimento. Com isso, diminui os prejuízos na qualidade de vida e logo tem o problema resolvido.

Qual o melhor momento para procurar ajuda?

Como dito, a catarata é uma doença progressiva. Embora a cirurgia seja muito efetiva na cura, é preciso que ela seja feita em tempo hábil. Caso contrário, há o risco de a pessoa procurar ajuda quando a visão já está totalmente comprometida e alterada.

Então, se perceber alguma alteração visual, não deixe de procurar o especialista. Fique atento com:

  • – visão turva;
  • – perda visual;
  • – visão dupla.

Complementando, a opacificação pode ser visível, como um pontinho branco no meio do olho. Lembre-se de que como as manifestações são progressivas, nem sempre o aparecimento é súbito.

Hoje, tentamos esclarecer algumas dúvidas frequentes. Saber se a catarata tem cura é importante para mostrar que o problema pode ser resolvido, mas tudo isso está associado com a realização do diagnóstico em tempo hábil. Então, procure por um especialista assim que detectar algo diferente com sua visão. Só ele pode confirmar as suspeitas, descartar diagnósticos diferenciais e definir o melhor tratamento.

Já percebeu algo diferente com sua visão? Entre em contato conosco para ser melhor avaliado!


Publicado em 16/02/2021

Posted in Catarata, Doenças oculares

assinatura site

Olhar Certo Clínica Oftamológica © 2021 - Todos os Direitos Reservados.