Teste de Ishihara (teste de Cores)

O teste de Ishihara é um método utilizado para diagnosticar o daltonismo. Recebeu esse nome devido ao Dr. Shinobu Ishihara (1879–1963), um professor da Universidade de Tóquio, que foi o criador desses testes em 1917. O exame consiste na exibição de uma série de cartões coloridos, cada um contendo vários círculos feitos de cores ligeiramente diferentes das cores daqueles situados nas proximidades. Seguindo o mesmo padrão, alguns círculos estão agrupados no meio do cartão de forma a exibir um número que somente será visível pelas pessoas que possuírem visão normal. O número de acertos pode variar conforme o grau e o tipo de daltonismo.

INFORMAÇÕES SOBRE O EXAME 

  • Neste exame não são instilados colírios. 
  • Não será realizada consulta médica, somente o teste de visão de cores. 
  • A permanência na sala de exames dura cerca de 20 minutos e é necessária a cooperação do paciente. Se houver necessidade de complementação do exame para certeza diagnóstica, haverá recomendação de retorno em outra data. 
  • É necessário trazer solicitação médica, resultados de exames oftalmológicos já realizados, bem como os óculos em uso (para perto e para longe) e a receita mais recente de óculos fornecida pelo Oftalmologista. 
  • Trazer informação de cirurgia ocular prévia ou tratamento pregresso. 

Se usuário de lentes de contato, poderá trazê-las para as medidas com correção.

CRITÉRIOS DE REALIZAÇÃO

  • O exame não é feito em pacientes sintomáticos, suspeitos ou confirmados para COVID-19. 
  • A idade mínima para a realização do teste de 100 cores (teste de Farnsworth) é de 8 anos. Para crianças com idade entre 4 e 8 anos, é realizado o teste de Ishihara. 


assinatura site

Olhar Certo Clínica Oftamológica © 2021 - Todos os Direitos Reservados.