Olhar Certo / 02/03/2019 / Dicas

5 alimentos bons para os olhos que você precisar começar a comer

Normalmente, quando pensamos em alimentos bons para os olhos, a primeira coisa que nos vem à cabeça é a cenoura. O legume alaranjado de raiz tuberosa, além de ser rico em sais minerais, como cálcio, fósforo e potássio, é uma ótima fonte de vitamina A — essencial para a saúde da retina.

Agora, você sabia que existem outros alimentos importantes para a saúde dos olhos além da cenoura? Neste post, listamos cinco tipos de protetores da visão para você incluir na dieta agora mesmo. Confira!

1. Peixe

Tem sofrido com olhos secos? Então, fique sabendo que ingerir ácidos graxos do tipo ômega-3 ajuda a aliviar o problema. Você pode consumir essa gordura saudável na forma de salmão ou outros tipos de peixes (duas a três vezes por semana), nozes (que contêm também vitamina E), semente de linhaça e chia.

O salmão é ainda uma boa fonte de vitamina D, que ajuda a proteger contra a degeneração macular. A vitamina D também pode ser obtida ao saborear alimentos como as sardinhas, cavala, o leite e o suco de laranja fortificado com a substância.

2. Cenoura

As cenouras são ricas em betacaroteno, um pigmento carotenoide que é precursor essencial da vitamina A. Sua deficiência no organismo é uma das principais causas de cegueira noturna, ou seja, a dificuldade de enxergar em ambientes escuros. Sabe-se que a falta da vitamina também pode levar a:

  • ceratoconjuntivite seca (ou olho seco);
  • catarata;
  • degeneração macular (uma doença dos olhos que leva à deterioração da retina);
  • em casos graves de deficiência da vitamina, pode ocorrer ulceração e até necrose da córnea.

Por isso, é importante incluir o nutriente na dieta sempre que possível. Outros alimentos bons para os olhos e ricos em vitamina A são a gema de ovo, fígado, óleo de peixe, espinafre, manga e mamão.

3. Leguminosas

Feijão, feijão-fradinho e lentilha são boas fontes de bioflavonoides e zinco, um mineral importante para a cicatrização e para o sistema imunológico. Sabe-se que essas substâncias, além de diminuírem o risco de desenvolver catarata e degeneração macular relacionada à idade, ajudam a proteger o nervo ótico e estimulam a regeneração.

4. Espinafre

O espinafre e outros vegetais de folhas verde-escuras, como a couve, são ricos em dois antioxidantes armazenados na mácula — a luteína e a zeaxantina. A mácula é uma parte da retina que age como um protetor contra a luz do sol (que é prejudicial à saúde ocular).

Como esses nutrientes são lipossolúveis, é recomendado associar sua ingestão a algum tipo de gordura, como o azeite, para ajudar na absorção. Outras boas fontes de luteína e zeaxantina são:

  • nabo;
  • brócolis;
  • ervilha;
  • kiwi;
  • abóbora;
  • laranja;
  • ovo;
  • milho;
  • manga;
  • melão.

5. Tomate

O tomate é outro alimento rico em carotenoides, incluindo o licopeno: um pigmento avermelhado responsável pela cor vibrante do fruto. A substância — também presente nos tecidos oculares — tem função preventiva e protetora contra os danos causados pela incidência da luz na retina.

O fruto é também uma excelente fonte de vitamina C, outra substância conhecida por promover a saúde dos olhos e proteger contra doenças degenerativas, como a catarata e a degeneração macular.

Exame regular para a saúde dos olhos

Seus olhos, certamente, serão beneficiados quando você começar a consumir esses alimentos com maior frequência, porém, saiba que apenas a alimentação adequada não é suficiente para garantir uma visão saudável. É preciso, antes de tudo, fazer a prevenção — garantida durante a realização de exames oftalmológicos regulares com um especialista de confiança.

Neste post, você descobriu cinco alimentos bons para os olhos! Todos eles são altamente nutritivos, trazem inúmeros benefícios para o organismo e, o melhor de tudo, introduzi-los na dieta é bastante simples.

O que você achou dessas informações? Tem alguma dúvida ou gostaria de acrescentar um alimento que não foi citado aqui? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

Saiba mais

Interessou-se sobre o assunto?
Entre em contato conosco e converse
com um oftalmologista da nossa equipe!

Entre em contato
Últimas Postagens