Saiba quais medicamentos podem causar problemas na retina

A farmacologia é uma das ciências mais importantes na medicina. Graças a ela, existe o estudo de substâncias capazes de provocar alterações no organismo com o intuito de tratar determinada condição. Sendo assim, os medicamentos interagem com células e tecidos, mas nem sempre isso é restrito ao local de ação. Isso significa que, mesmo que um problema seja tratado, podem haver repercussões em outras partes do corpo.

Seja em forma de reação adversa, seja como um efeito colateral, é preciso conhecer os possíveis desfechos de um fármaco. Como a visão pode ser afetada por um tratamento? Nessa perspectiva, confira mais sobre os problemas na retina!

Sistema visual e sua importância

As estruturas do sistema visual têm como objetivo captar os raios luminosos e transformá-los em imagens. Para isso, a retina desempenha um papel importante, pois é exatamente ela que capta a luz e a envia, por meio do nervo óptico, para o córtex visual no cérebro. Você deve imaginar que isso não é um processo simples e que exige perfeito funcionamento dos componentes visuais. Contudo, alguns medicamentos podem gerar alterações que prejudicam a visão.

Medicamentos e seus riscos

Alguns fármacos podem causar fototoxicidade, ou seja, há maior absorção de radiação ultravioleta e maior sensibilidade luminosa. Já outros podem diminuir a transparência do cristalino, que é uma lente natural do nosso corpo. Existe, ainda, aqueles que causam alterações nos vasos sanguíneos. O grande problema é que os tecidos oculares são bem vascularizados e as disfunções podem causar problemas na retina.

Vale ressaltar que não são apenas os medicamentos utilizados diretamente nos olhos que podem prejudicar a visão. Na verdade, os fármacos sistêmicos são os mais preocupantes, ou seja, aqueles que são usados para tratar doenças de outros sistemas e que, por algum motivo, repercutem na retina.

Fármacos e os problemas na retina

Separamos, abaixo, algumas classes que podem causar problemas na visão. Confira!

Corticoides

Os corticoides são potentes anti-inflamatórios, cuja prescrição deve ser cuidadosa por parte do médico. Um dos perigos para a visão é causar o deslocamento da retina, mas não para por aí. Também, há o risco de glaucoma e opacificação do cristalino.

Antidepressivos

As diversas classes de antidepressivos apresentam diferentes mecanismos de ação. Aquelas que aumentam a quantidade de serotonina estão associadas ao desenvolvimento de catarata, além de também poderem acometer a retina.

Antialérgicos

A alergia é uma reação exacerbada do sistema imune diante de algum agente considerado prejudicial para o organismo. Como os antialérgicos suprimem tal reação, alguns sintomas como coceira, ressecamento ocular e vermelhidão podem ser observados.

Viu só como os medicamentos podem causar problemas na retina? Por isso, é tão importante o estudo dos fármacos para saber corretamente as indicações. Seja a escolha do remédio, seja a quantidade de doses, seja o tempo de uso. Tudo isso influencia nas interações que serão realizadas com o organismo. Portanto, evite ao máximo a automedicação! Também, cuidado com as pesquisas na internet e não substitua a avaliação de um especialista!

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais e ajude a informar outras pessoas!

 


Publicado em 01/10/2020

Posted in Dicas

assinatura site

Olhar Certo Clínica Oftamológica © 2021 - Todos os Direitos Reservados.