Entenda o que é a visão subnormal, suas causas e tratamentos

Nem todas as pessoas têm uma boa acuidade visual e conseguem enxergar com nitidez. Pacientes com hipermetropia, estrabismo, astigmatismo, por exemplo, podem recorrer a tratamentos que resolvem o problema. Já as pessoas com visão subnormal não podem adotar os tratamentos convencionais para melhorar a função visual.

Neste post, você vai descobrir o que é essa condição, os sintomas, as causas e o que pode ser feito para contornar a baixa visão.

O que é visão subnormal?

Visão subnormal ou baixa visão é uma alteração na capacidade de enxergar que não pode ser corrigida com o uso de óculos convencionais, lentes de contato, cirurgia e medicamentos. A condição de visão subnormal é dada para pessoas que apresentam uma redução da capacidade de enxergar ou do campo de visão e que não possue tratamento para melhorar esta condição, afetando a execução de atividades simples do cotidiano e a qualidade de vida do paciente.  Alguns sinais de alerta de baixa visão podem incluir problemas e dificuldades para:

  • cozinhar, ler, dirigir ou costurar;
  • enxergar, porque as luzes não parecem tão brilhantes como de costume;
  • reconhecer rostos;
  • atravessar a rua ou ler as placas;
  • diferenciar cores;
  • assistir TV;
  • identificar com clareza as imagens e textos no computador ou telefone.

Quais são os sintomas da baixa visão?

O tipo de visão subnormal depende da doença ou da condição que a causou. Confira, a seguir, os sintomas mais comuns:

  • perda de visão central: a pessoa não consegue ver as coisas no centro da visão, porque ela vê uma mancha escura no meio do olho toda vez que tenta fixar o olhar em um objeto;
  • perda da visão periférica: dificuldade de ver pelo canto dos olhos, como se enxergasse por dentro de um tubo;
  • cegueira noturna: dificuldade de enxergar com pouca luz;
  • visão embaçada ou turva.

Como é feito o diagnóstico?

É necessário marcar uma consulta oftalmológica e realizar a avaliação da função visual com o oftalmologista. Só esse médico consegue identificar as causas e o tratamento mais adequado para cuidar dessa condição.

Quais são as causas da visão subnormal?

Bebês prematuros ou portadores de doenças congênitas como sífilis, rubéola, toxoplasmose, glaucoma congênito, e atrofia congênita de Leber estão mais suscetíveis a apresentar visão subnormal. No entanto, existem outras causas que aumentam o risco de desenvolver a baixa visão. Confira alguns exemplos:

  • Degeneração macular relacionada à idade (DMRI);
  • retinopatia diabética (uma condição que pode provocar a perda de visão em pessoas com diabetes);
  • glaucoma;
  • lesões oculares e cerebrais;
  • doenças genéticas;
  • baixo consumo de vitamina A na fase de desenvolvimento.

Existe um tratamento disponível?

A baixa visão não tem cura, mas existem tratamentos que podem melhorar a acuidade visual, ajudando o paciente a realizar atividades diárias e impedindo que a visão piore. Uma das alternativas oferecidas são recursos ópticos que podem oferecer mais independência ao portador de visão subnormal, como lupas manuais, óculos com lente de aumento e telelupas que podem ser adaptadas aos óculos de leitura.

O oftalmologista também pode oferecer orientações de pequenas adaptações em casa para ajudar o paciente a viver com mais conforto, como o uso de abajures e lâmpadas durante trabalhos manuais e a leitura.

A visão subnormal pode limitar algumas atividades, mas, com a orientação correta do oftalmologista, é possível manter uma rotina independente.

Gostou deste post? Siga nossas redes sociais no Instagram, Facebook e YouTube para não perder nenhuma dica de cuidado com a saúde dos olhos.


Publicado em 31/05/2021

Posted in Dicas

assinatura site

Olhar Certo Clínica Oftamológica © 2021 - Todos os Direitos Reservados.