Olhar Certo / 23/05/2020 / Dicas

O que são moscas volantes e quando se preocupar

Se ao olhar para uma superfície mais clara e brilhante, como uma parede branca ou céu azul, você notar pequenas manchas ou pontinhos em seu campo de visão, saiba que pode se tratar de uma condição chamada de moscas volantes.

Quer entender por que aparecem essas manchinhas na visão e quais os sintomas? Então, continue a leitura e descubra o que são moscas volantes, qual sua gravidade e quando é necessário o tratamento.

 

O que são moscas volantes?

As moscas volantes parecem pequenos pontos flutuantes, que são, na verdade, grumos de células, hemácias ou proteínas que ficam no interior do humor vítreo (um fluido gelatinoso que preenche a parte posterior do olho). Quem tem essa condição fica com a sensação de que esses pontos estão diante dos olhos, mas na verdade eles estão dentro dele.

O surgimento das moscas volantes pode ser causado pelo envelhecimento, visto que podem ocorrer alterações no humor vítreo com o avançar da idade. Contudo, o problema também pode acometer quem tem miopia ou alguma inflamação ocular, passou pela cirurgia de catarata ou sofreu traumatismo no olho. Ainda, pode indicar algum rasgo na retina, o que pode levar ao deslocamento dessa estrutura.

 

Quais são os sintomas dessa condição?

As moscas volantes podem surgir repentinamente e não ser um problema que atrapalhe a visão, muitas pessoas até se acostumam com o quadro. Assim, ao olhar para um objeto muito claro ou brilhante, enxergam pontos, fios ou linhas transparentes, que se movem ao movimentar os olhos ou quando se tenta olhar para essas manchinhas.

 

Como é o tratamento?

Independentemente de a pessoa apresentar qualquer problema ocular, o recomendado é procurar o oftalmologista anualmente para uma avaliação completa. Afinal, estamos falando dos nossos olhos, órgãos complexos e delicados. Sabemos que qualquer alteração na visão pode atrapalhar nosso dia a dia e qualidade de vida.

No caso das moscas volantes, geralmente, é uma condição benigna, ou seja, a pessoa não precisa ficar preocupada. Em muitos casos, essas manchas na visão diminuem ou desaparecem sozinhas. Para avaliar a situação, o médico pode realizar o exame de fundo de olho para mapear toda a retina e analisar sua integridade.

Já quando as moscas volantes passam a atrapalhar ou quando estão acompanhadas de flashes de luz ou redução da visão, é preciso procurar o especialista com urgência, pois pode ser um sintoma do descolamento de retina, por exemplo.

Se as moscas volantes incomodarem muito ou atrapalharem a visão do paciente, mesmo quando ele não está olhando superfícies muito brilhantes ou claras, o paciente pode se encaixar em quadros de descolamento de retina, roturas ou buracos na retina ou estar associada à outras doenças como a catarata.

Apenas um oftalmologista poderá identificar algum desses quadros e, se necessário, indicar uma cirurgia chamada vitrectomia. Procedimento no qual o humor vítreo é removido e substituído por uma solução líquida. A partir disso, o olho naturalmente passa a substituir a substância por um novo humor vítreo.

Agora, você já sabe o que são moscas volantes e quando é necessário ficar em alerta com essa condição. Sempre que tiver alguma dúvida em relação a alterações na visão ou no olho, não deixe de agendar uma consulta com o oftalmologista.

Quer acompanhar outros conteúdos de saúde ocular? Então, não deixe de acompanhar a Olhar Certo e mantenha-se sempre informado sobre a saúde dos seus olhos! 

Saiba mais

Interessou-se sobre o assunto?
Entre em contato conosco e converse
com um oftalmologista da nossa equipe!

Entre em contato
Últimas Postagens