Descubra o que é arco senil e o que pode ajudar a identificá-lo

Os olhos são uma das regiões mais complexas do corpo humano e, às vezes, eles serão a primeira parte do corpo a exibir sinais de doenças que afetam outras estruturas.

O arco senil é uma condição comum e, geralmente, causada pelo envelhecimento. Ele surge como um círculo branco, cinza claro ou azulado no contorno da córnea e é constituído por depósitos de gordura. Embora não acarrete desconforto ou dor, pode sinalizar outros tipos de problemas de saúde.

Neste post, abordaremos os principais tópicos sobre arco senil. Confira!

O que é arco senil?

É o nome de um anel que é formado por substâncias gordurosas como o colesterol. A córnea, normalmente, é transparente e permite que a íris — parte colorida dos olhos — apareça. O anel gerado faz com que a íris apresente duas cores diferentes, mas na realidade é uma descoloração da própria córnea.

O arco senil, em geral, começa como um pequeno arco colorido ao longo da parte superior e inferior da córnea, contudo, ocasionalmente, as partes acabam se conectando e compondo um anel completo ao redor da mesma.

Quais são as causas?

Os arcos são causados por depósitos de lipídios como colesterol, triglicerídeos e fosfolipídios. Esses estão entre os diferentes tipos de gorduras que circulam no sangue e que são provenientes dos alimentos ingeridos e do próprio fígado. O aparecimento do anel em volta da córnea não representa, obrigatoriamente, a presença de colesterol alto.

O arco senil é muito comum à medida que as pessoas envelhecem. Provavelmente, isso ocorre porque os vasos sanguíneos dos olhos ficam mais abertos com o passar dos anos, possibilitando que mais gorduras atravessem para a córnea.

Quais são os sintomas?

Alguém com arco senil pode observar:

  • círculo branco, azul ou cinza em torno da córnea;
  • margem externa evidente apresentada no círculo, mas uma margem interna borrada;
  • linhas do círculo aumentadas para criar um aro inteiro na íris.

Como é realizado o diagnóstico e o tratamento?

O uso da lâmpada de fenda para examinar os olhos é uma prática comum. Ela consiste em um equipamento com luz especial que permite ao oftalmologista ver os olhos em 3D, tanto por dentro quanto por fora.

Durante o exame de vista, colírios especiais são usados nos olhos para dilatar a pupila. Quando o dilatamento ocorre, os vasos sanguíneos da retina são examinados em busca de sinais de doença, como a aparência e a espessura que podem fornecer pistas sobre possíveis níveis elevados de lipídios. O médico também investiga manifestações de aterosclerose ocular, uma situação em que as artérias estão obstruídas com gorduras.

O exame de sangue apontará se o nível de colesterol está alto. No caso de limite elevado, serão prescritos medicamentos ou orientações sobre uma nutrição apropriada e um conjunto de atividades físicas para reduzir essas taxas.

A maioria dos oftalmologistas pratica uma regra geral quando se trata de arco senil. Em pacientes com mais de 40 anos de idade, o arco é, na maioria das vezes, um achado benigno. No entanto, se a pessoa for mais nova, deve consultar o médico e verificar os níveis de colesterol no sangue são condutas aconselhadas.

Se você gostou do post sobre os principais aspectos do arco senil, então, que tal curtir nossa página no Facebook?!


Publicado em 01/04/2022

Posted in Adaptação de lente de contato

assinatura site

Olhar Certo Clínica Oftamológica © 2021 - Todos os Direitos Reservados.