Olhar Certo / 09/07/2020 / Dicas

Conheça os principais tipos de lentes para óculos e como escolher

Escolher os óculos certos e que fiquem adequados ao tipo do rosto não é uma tarefa fácil. Contudo, mais que oferecer um caimento perfeito, é fundamental que o acessório tenha qualidade e que a lente seja ideal para ajudar a corrigir o problema da visão. Esse é um ponto no qual muitas pessoas podem não dar a atenção devida.

Com tantos modelos e tecnologias diferentes, é comum que os usuários fiquem um pouco confusos e priorizem apenas um aspecto, como a beleza do objeto. Entretanto, é importante que você conheça os tipos de lentes para óculos para saber escolher a ideal para o seu caso. Não sabia da importância de optar pelo tipo de lente correta, além da armação dos óculos? Continue a leitura para entender quais modelos existem no mercado!

Quanto à função

As lentes são divididas quanto à função cujos focos são diferentes para corrigir problemas de visão, como astigmatismo, miopia e hipermetropia, e em tipos de materiais, que vamos abordar mais à frente. Contudo, cada grau do problema relacionado à visão tem que ser observado com cuidado, pois existem particularidades para cada caso.

Monofocais

Conhecida também como simples, esse tipo de lente tem o objetivo de corrigir apenas um problema isoladamente, que pode ser só a miopia (dificuldade para enxergar de longe), a hipermetropia (de perto) ou o astigmatismo (esforço para ver tanto de perto quanto de longe). Ou seja, ela trabalha em apenas um campo de visão e pacientes que têm dois ou mais problemas podem não se adaptar a esse modelo.

Bifocais

As bifocais possibilitam o alcance da visão tanto de perto quanto de longe. É indicada para casos de pacientes que têm problemas como presbiopia, também é conhecida como vista cansada, causada pelo envelhecimento natural da visão e que ocorre, geralmente, após os 45 anos.

Multifocais

Também conhecidas como progressivas, as lentes multifocais corrigem a visão fazendo uma progressão praticamente imperceptível dos campos de visão e permite ao paciente enxergar bem de perto, de distâncias moderadas e de longe. A divisão é feita da seguinte forma: a parte superior da lente foca mais longe; o centro trabalha a visão intermediária e a região inferior corrige a visão de perto.

As lentes vistas acima são classificadas como convergentes e divergentes. A primeira é indicada para hipermetropia, pois faz com que a imagem seja formada na retina, facilitando com que vejam de perto confortavelmente. Já as divergentes são para tratar miopia. Ela "empurra" o foco da imagem na retina e contribui para enxergar bem de longe.

Quanto ao material

Entendidas as funções de cada foco, é importante compreender a importância de escolher bem os materiais que compõem as lentes. Com o avanço da tecnologia, cada vez mais, há produtos mais modernos, resistentes e leves, que garantem a harmonização ideal para cada tipo de rosto. Confira os principais materiais encontrados no mercado.

Cristal

Esse tipo de lente também é chamado de mineral e conhecido popularmente como "vidro". São compostas por vários minerais e não riscam com facilidade, porém, são mais pesadas que as orgânicas, tipo que veremos em seguida. Os modelos de cristal são bastante indicados para quem tem graus elevados de miopia, pois costumam ficar mais finas que em outros materiais.

Orgânicas

Também conhecidas como acrílicas, elas são mais leves que as de cristal, oferecem alta resistência contra quedas e muita qualidade visual. É o modelo mais procurado entre os consumidores, pois, além dos benefícios já citados, garante a possibilidade de fabricação em vários tons.

Policarbonato

São altamente resistentes e oferecem peças mais leves e finas. Esse tipo de material é indicado para confecção de óculos de atletas e de crianças e também para óculos utilizados na indústria, devido à sua segurança e durabilidade.

Por fim, saiba que quando for escolher seu novo acessório é preciso atentar-se não somente aos modelos de armações, mas também aos tipos de lentes disponíveis no mercado. Afinal, você deve ter garantida a segurança e o conforto da sua visão em primeiro lugar.

Aproveitou as informações e deseja receber mais dicas como essas? Não deixe de agendar uma consulta com um de nossos oftalmologistas, somente um oftalmologista poderá realizar o exame de vista e recomendar o uso de óculos!

Saiba mais

Interessou-se sobre o assunto?
Entre em contato conosco e converse
com um oftalmologista da nossa equipe!

Entre em contato
Últimas Postagens