Olhar Certo / 02/01/2019 / Doenças oculares

Glaucoma: o que é, quais os seus sintomas e tratamentos?

Considerada a segunda maior causa de cegueira no mundo de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o glaucoma é uma doença assintomática que leva a uma diminuição progressiva da visão.

Apesar de ser bastante conhecido, muitas pessoas não sabem realmente o que é o glaucoma. Por isso, preparamos este post para responder as principais dúvidas sobre essa doença tão comum e misteriosa. Confira!

O que é o glaucoma?

Trata-se de uma doença ocular em que há alteração no nervo óptico do paciente, fazendo com que ocorra uma perda de campo visual. O que mais assusta quando se trata de glaucoma é que ele evolui devagar, começando com pequenos desconfortos no campo de visão até que ele fique seriamente prejudicado.

Quais são as suas causas?

A causa da doença é desconhecida. Porém, está muitas vezes associada ao aumento da pressão ocular ou até mesmo a alguma alteração do fluxo sanguíneo presente na região.

É raro, mas alguns pacientes com diagnóstico de glaucoma podem apresentar pressão intraocular normal. Por isso, essa condição é considerada mais um fator de risco do que uma causa propriamente dita.

Quais os tipos de glaucoma?

Existem quatro tipos. São eles:

  • agudo (de ângulo fechado): acontece quando há um aumento súbito do humor aquoso (líquido produzido na parte anterior do olho);
  • congênito: a criança nasce com a doença, geralmente consequência de alterações na formação de estruturas oculares como, por exemplo, o trabeculado (responsável pela drenagem do líquido intraocular, o humor aquoso);
  • crônico (de ângulo aberto): é o tipo mais comum da doença, que evolui progressivamente e tende a ser hereditário;
  • secundário: causado por traumas, doenças oculares sistêmicas e uso de medicamentos, como corticosteróides.

Quais são seus sintomas?

Como já foi dito, o glaucoma é assintomático, caracterizando-se como uma doença silenciosa. No entanto, isso se aplica ao seu tipo mais comum, que é o de ângulo aberto. O sintoma que podemos atribuir a esse tipo é a perda gradual da visão, podendo chegar à cegueira total e irreversível.

Nos casos de glaucoma agudo, os sintomas são dor ocular, baixa visão, olho vermelho e até mesmo crises de náuseas e vômito. Já as crianças com glaucoma congênito costumam apresentar: sensibilidade à luz, aumento dos olhos, nebulosidade ocular, olho vermelho e  lacrimejamento.

Existe tratamento?

Não existe cura para glaucoma. No entanto, há muitas formas de tratar, levando-se em conta fatores como histórico familiar, gravidade, idade do paciente e espessura da córnea.

Quanto antes for diagnosticada, maiores são as chances de controle para que a pessoa tenha a melhor qualidade de vida possível. Isso faz com que seja de grande importância visitar regularmente o médico oftalmologista e fazer exames periódicos.

Cada tipo de glaucoma é tratado segundo suas características. O crônico — que é o mais comum — reage com sucesso ao uso de colírios. Alguns pacientes podem precisar também de tratamento a laser e até mesmo cirurgia tradicional.

Já o agudo é feito com pílulas, colírios e medicamento intravenoso. Por se tratar de uma situação de urgência pode ser necessário um procedimento chamado iridotomia, que geralmente é realizado utilizando laser.

Quando se trata do tipo congênito, é necessário uma cirurgia, em que o paciente deve estar anestesiado. Por fim, o glaucoma secundário é tratado com colírios e laser. Em situações em que a doença está mais avançada, a cirurgia pode ser indicada.

Por não entender o que é o glaucoma, muitas pessoas não se previnem e nem buscam tratamento. Porém, essa é uma doença ocular séria que merece bastante atenção. Portanto, ao notar os sintomas apresentados neste texto é imprescindível buscar orientação médica para evitar complicações futuras.

As informações deste post foram úteis para você? Se ainda ficou com alguma dúvida, deixe um comentário e compartilhe com a gente!

 

Saiba mais

Interessou-se sobre o assunto?
Entre em contato conosco e converse
com um oftalmologista da nossa equipe!

Entre em contato
Últimas Postagens